sexta-feira, 21 de maio de 2010


Como eu faço se pra seguir as pernas tremem e pra ficar um nó aperta na garganta? Como eu faço se é vazio sem e é sufocante com? Como eu faço se sobra coragem pra pular mas faltam as asas pra permanecer voando? Se nada é forte pra manter mas é tão frágil que tem que se agarrar em algo?
E se eu resolver não tentar de novo? E se eu enfiar na cabeça que não tem mais jeito? Você vai me fazer mudar, vai me dizer que é besteira e me fazer acreditar em qualquer coisa que valha a pena? Pois é. Eu queria.
Negue minhas besteiras. Diga que sou tonta demais pra enxergar que você está comigo, e que é assim que vai ser. Me faça pular, de cabeça se possível, mas pule ao meu lado. Se eu só encontrar sua mão e mais nada, tudo estará bem. Os pecados perdoados, os nós desfeitos, os problemas distantes demais. Me obrigue a ouvir isso tudo de você.

3 comentários:

  1. Pra quem que é isso amiiga??rsrsrrs
    (tá lindooo :D)

    ResponderExcluir
  2. kkkkk
    Brigada migs!
    (é pra um carinha aí... limds demais *-*)

    ResponderExcluir

deixe seus pingos nos Is: